Todos os pais reconhecem a importância de incentivar a leitura das crianças desde cedo. No entanto, em um mundo onde há tantos outros atrativos que disputam a atenção dos pequenos, como criar um ambiente que favoreça o interesse pelos livros, tornando o momento da leitura algo prazeroso para ser experimentado em família?

Para ajudar as famílias nessa tarefa, preparamos algumas dicas simples e que apresentam resultados muito rapidamente.

EXEMPLO É FUNDAMENTAL

Primeiro, como em qualquer outro aspecto da educação das crianças, o exemplo é fundamental. Adultos leitores, geralmente inspiram e formam filhos também leitores.

Para despertar o interesse dos pequenos para os livros, é preciso que eles vejam pessoas que admiram em contato com esses objetos também.

É preciso que os livros e a leitura façam parte da rotina familiar como o momento das refeições ou mesmo de ver a TV depois do jantar.

ENCONTRE OU REENCONTRE O PRAZER DA LEITURA

Se você não tem muita familiaridade com os livros, ler para as crianças pode ser uma ótima oportunidade de despertar também o seu interesse pela leitura. Isso porque bons livros para infäncia são bons para os adultos. Já o contrário nem sempre é verdade.

Existem no mercado excelentes opções de títulos que costumam agradar a leitores de todas as idades e acredite: descobri-los pode ser uma grande diversão.

COMECE DESDE CEDO

Alguns adultos imaginam que as crianças só devem ter contato com livros quando ingressam na escola ou estão em fase de alfabetização. Isso não é verdade.

Estudos recentes comprovam que os bebês reconhecem a voz dos familiares desde a gestação. E que ao ter contato com palavras desde cedo, além de apresentarem um melhor desenvolvimento da linguagem, associam o diálogo, a conversa e às leituras ao cuidado e ao afeto. E isso, já é um grande passo para a formação de leitores.

Por isso, apresente bons livros para os pequenos desde cedo. E lembre-se: a leitura não deve ser apenas para eles. É também para você.

Boas experiências de leitura criam conexões que duram a vida toda.

CRIE UMA ROTINA

É comum idealizarmos o momento da leitura acontecendo em um lugar tranquilo, próximo à hora de dormir, com pais e filhos completamente serenos diante de um livro.

Acontece que esse tipo de rotina nem sempre é possível em todos os contextos familiares. Muitas vezes, adultos estão cansados no fim do dia e não dispõem de energia e vontade para realizar uma boa leitura.

Por isso, cada família deve descobrir qual é o melhor momento para compartilhar bons livros com seus filhos: antes do jantar, pela manhã, nos finais de semana… O importante é estar presente e disponível para ler o livro escolhido e incluir esse momento na rotina da casa.

VISITE BIBLIOTECAS

Você sabia que desde cedo você e sua família vem adquirindo milhares de livros de excelente qualidade e que eles estão disponíveis nas diferentes bibliotecas públicas de todo país?

É isso mesmo! Esse acervo riquíssimo está lhe esperando.

Faça visitas regulares a esses espaços. Leve seus pequenos, façam a carteirinha e retirem livros novos a cada visita.

Algumas bibliotecas têm uma programação cultural bem variada, com atividades de contação de histórias, exposições, saraus e muito mais.

MONTE SEU PRÓPRIO ACERVO

Para formar leitores, compor uma biblioteca pessoal é fundamental.

Defina uma parte do orçamento para a compra regular de bons livros.

Visite regularmente as livrarias ou faça parte de um Clube de Leitores. Alguns desses serviços entregam periodicamente boas experiências de leitura que podem ser aproveitadas por toda a família.

Crie um canto especial para os livros em sua casa, organizando-os de um modo que as crianças tenham autonomia para escolher suas leituras, manuseando-os e folheando-os quando quiser.

CONVERSE SEMPRE

Mais do que uma estante repleta de bons livros, o que realmente forma um bom leitor são experiências de leitura significativas. E isso, só acontece quando é possível conversar sobre as obras lidas.

Por isso, compartilhe o entusiasmo pela leitura com seus filhos. Comente as passagens que mais chamaram sua atenção, aquelas que geraram dúvidas ou que lhe pareceram mais divertidas. Compare a obra com outros títulos conhecidos pelas crianças.

E acredite: mais do que ampliar o vocabulário e formar bons leitores, os livros podem ser grandes oportunidade para criar espaços de diálogo entre pais e filhos.

Gostou destas dicas?

Como acontece o incentivo à leitura na sua casa? Conte pra gente!

Autora: Denise Guilherme, idealizadora da A Taba  empresa especializada em curadoria de livros infantis que tem um serviço de assinaturas que é referência em qualidade no Brasil. Mestre em Educação, formadora de professores e consultora na área de projetos de leitura.  Professora do Curso de Pós Graduação Livros e Jovens: teoria mediação e crítica, no Instituto Vera Cruz, em São Paulo.

 

A  Playlab oferece um catálogo de livros de alta qualidade literária, gráfica e editorial, aproveite e visite a loja para começar a compor a sua biblioteca pessoal de bons livros!

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *