Tempo cinza, céu nublado, gotas começam a cair…

Para muitas famílias, um dia de chuva pode ser motivo de preocupação, já que as crianças costumam ficar bastante entediadas quando estão em ambientes fechados. Mas, você sabia que existem muitas opções de atividades para fazer com os pequenos, além de ficar sentado no sofá em frente à TV ou assistindo vídeos da internet?

A leitura de bons livros infantis pode ser uma ótima pedida para casos como esse. E algumas obras são particularmente muito interessantes para ler em dias de chuva porque, além proporcionarem momentos de proximidade e afeto entre adultos e crianças, mostram que com criatividade e imaginação os dias podem se transformar em tudo o que a gente quiser.

Conheça alguns deles:

A jornada, de Aaron Baecker (Galerinha Record)

Uma menina solitária, procura alguém para brincar. Mas, parece que todos à sua volta estão ocupados com outras atividades e não podem lhe dar a atenção.

Triste, no seu quarto, ela encontra um misterioso lápis vermelho, capaz de levá-la aos lugares mais incríveis.

Impossível terminar a leitura deste livro de imagens sem pensar em quantos mundos existem na nossa imaginação!

Dia de chuva, de Ana Maria Machado (Salamandra)

Duas crianças brincam dentro de casa enquanto uma tempestade acontece lá fora. Utilizando os objetos disponíveis na sala, os dois viajam nas costas dos elefantes, atravessam abismos e enfrentam animais ferozes.

Para descobrir o que realmente estão fazendo, será preciso olhar atentamente as ilustrações e usar  altas doses de imaginação.

Os sábados são como um grande balão vermelho, de Liniers (V&R Editora)

Matilda e Clementine acordam animadas para aproveitar um delicioso sábado juntas. Mas, uma chuva repentina vai fazer com que as duas tenham que mudar de planos.

Para uma das meninas, a tempestade pode ser uma ótima oportunidade de diversão. Para a outra, no entanto, tudo parece novo e assustador.

Com cumplicidade e afeto, as duas descubrem a beleza de conviver e experimentar o mundo junto de quem se ama.

Um dia, um guarda-chuva, de Davide Calì (Tordesilhinhas)

Neste livro, conhecemos um dia na história de um guarda-chuva esquecido dentro de um ônibus.

Ao longo das páginas, enquanto acompanhamos as aventuras do objeto que vai passando pelas mãos de diversos personagens, descobrimos os inúmeros usos que ele pode ter, nos mais diversos contextos.

Com quantos pingos se faz uma chuva?, de Maria Amália Camargo (OZ Editora)

Uma chuva de perguntas que promete muitas reflexões e até algumas risadas.

É assim o livro de Maria Amália Camargo.

Em cada página, o leitor vai encontrar questões bem intrigantes, como a que dá nome ao livro, por exemplo.

Impossível terminar a leitura sem criar suas próprias perguntas e desafiar amigos e outros leitores a tentar respondê-las. Um ótimo jogo para brincar em um dia de chuva, não é?

Um dia de chuva, Claudia Rueda (Pensarte)

Começou a chover e a pequena Ana está à procura de um pouco de diversão.

Tudo muda quando ela decide entrar no porão e encontra um sapatinho de cristal, três porquinhos, sete anões e muitos outros personagens dos mais famosos contos de fadas.

O livro pode ser um ótimo convite para buscar na biblioteca de casa as histórias encontradas pela menina.

O jornal, Patrícia Auerbach (Brinque-Book)

Um jornal impresso, assim como uma revista, pode ser apenas um pedaço de papel com palavras escritas. Mas, para uma criança criativa, ele pode ser a porta de entrada para diferentes brincadeiras e um verdadeiro convite à descoberta e à diversão.

Depois da leitura, é possível que adultos e crianças também se inspirem nas ideias do protagonista deste livro, criando brinquedos e brincadeiras sem fim.

O guarda-chuva, Dieter Schubert (Brinque-Book)

Um guarda-chuva pode ser apenas um objeto que protege o nosso corpo da água durante uma garoa ou tempestade. Mas, nas mãos de um artista, esse objeto pode ser um passaporte para muitas aventuras.

Fazendo o papel de barco, balão e até de esqui, o guarda-chuva dessa história conduz um urso por aventuras em diferentes partes do mundo. Que tal aproveitar e embarcar também nessa viagem?

Gostou dessas dicas?

Muitos desses livros podem estar disponíveis em uma boa biblioteca ou livraria perto da sua casa. Aliás, visitar esses espaços também pode ser um ótimo passeio para um dia de chuva!

Experimente!

Autora: Denise Guilherme, idealizadora da A Taba  empresa especializada em curadoria de livros infantis que tem um serviço de assinaturas que é referência em qualidade no Brasil. Mestre em Educação, formadora de professores e consultora na área de projetos de leitura.  Professora do Curso de Pós Graduação Livros e Jovens: teoria mediação e crítica, no Instituto Vera Cruz, em São Paulo.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *