brinquedos educativos bebe banheira

Brinquedos para bebês sempre chamam a nossa atenção.
São bonitinhos, coloridos e muitas vezes emitem sons ou brilham diferentes cores.
Os brinquedos são de grande importância na vida dos bebês e mais do que brincar, eles ajudam no desenvolvimento infantil abrangendo as áreas da linguagem, do desenvolvimento motor, cognitivo e social.
Brincar permite ao bebê estabelecer relações afetivas e aprender sobre si e o mundo.
Nos primeiros meses de vida, o bebê se desenvolve muito rapidamente, o que chamamos de saltos do desenvolvimento, e nessa fase os estímulos sensoriais são fundamentais no dia a dia do bebê.
Nesta fase, brinquedos para bebês devem apresentar texturas diferentes, cores neutras, estímulos sonoros e devem ser seguros, pois com certeza o bebê levará o brinquedo a boca.
Vale levar em conta que o que importa é o ato de brincar e não o brinquedo em si e sempre deixar que o bebê explore livremente o brinquedo. Por isso é essencial que nos momentos de interação do adulto com o bebê, estes sempre falem carinhosamente com o bebê, cantem e sempre nomeiem ao bebê o que ele vê, escuta e supostamente, sente. Assim, aos poucos, vamos conhecendo nossos bebês e suas preferencias e também seus limites entre o brincar e o cansaço.
Ficar o tempo inteiro direcionando como e com o que o bebê deve brincar é cansativo e estressante tanto para o adulto quanto para a criança e o brincar livre estimula a imaginação e move o bebê para os estímulos e movimentos que ele é capaz naquele momento e instiga para que ele busque novos desafios com aquele brinquedo.
Brincar livre, mas sempre com a presença e interação afetiva do adulto.

Mas será que sabemos escolher corretamente o brinquedo ideal para cada bebê? Como em meio a tantas opções decidir o que comprar?

Aqui vão algumas dicas de como escolher o brinquedo ideal para seu bebê:

• Conhecer bem seu filho para ao comprar, ter a certeza que seu bebê irá gostar e disfrutar do brinquedo de maneira que também estimule seu desenvolvimento;
• Nunca comprar um brinquedo de uma faixa etária superior à de seu bebê com a intenção de que este poderá estimular mais que o da faixa etária a qual ele se apresenta, isso pode gerar uma frustração enorme no bebê;
• A escolha deve ser muito mais pessoal do que comprar o que está na moda ou o que parece ser o brinquedo de bebê mais bonito da loja;
• Não separar brinquedos por gênero. Carrinhos ajudam muito o bebê na fase de engatinhar, pois tentam agarrar e o carrinho anda, assim, engatinham até ele;
• Considerar a compra de um brinquedo que estimule e acompanhe seu bebê por um longo tempo.

Agora dicas para o brinquedo do bebê em relação ao salto de desenvolvimento em que ele se encontra:

0 a 3 meses:

  • Brinquedos com cores contrastantes como preto e branco, lembrando que o bebê nessa fase não enxerga cores.
  • Brinquedos que emitam sons com ritmo organizado. Chacoalhar aleatoriamente produzindo som alto, pode estressar o bebê.
  • Mobiles e espelhos são ótimas escolhas para essa fase como também, brincar com as mãos, pés e expressões faciais do adulto.

3 a 6 meses:

  • Bolinhas com texturas são ótimas escolhas.
  • Chocalhos
  • Livros com imagens simples e com diferentes texturas.
  • Tapete interativo.

6 a 12 meses:

  • Bonecos de pano.
  • Caixa de encaixe com poucas formas geométricas.
  • Carrinhos para puxar ou empurrar.
  • Torres de encaixe para o bebê derrubar.
  • Instrumentos musicais

AutoraCarolina Julião Noto, pedagoga e neuropsicóloga, especialista em educação infantil com mais de 12 anos de experiência no Brasil e no exterior. Idealizadora da Play2grow. Aprenda brincando sem sair de casa através de estímulos sensoriais .

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *